Agraer e Seprodes incentivam produção de uva em Bonito

Por Assessoria de Imprensa Agraer

Campo Grande (MS) – A Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural Sustentável do Município de Bonito (Seprodes) realizou na última semana, sexta-feira (10), um curso sobre a cultura da videira.

O assunto foi abordado com o intuito de incentivar e orientar os produtores quanto à produção de uvas. Escolha da melhor área para o plantio, preparo do solo e das mudas, práticas de enraizamento de estacas, de enxertia e poda, colheita e comercialização foram alguns dos temas apontados durante as aulas.

A capacitação foi dividida em duas partes. A primeira, teórica, foi ministrada nas dependências da Câmara Municipal de Bonito. Já as aulas práticas foram aplicadas no viveiro da prefeitura da cidade. Aula de campo

De acordo com a engenheira agrônoma e pesquisadora da Agraer, Drª Cássia Regina Viera, que ministrou o curso, a viticultura, cultivo de uva, é uma atividade bastante promissora para a região. “Bonito oferece condições edafo-climáticas [aspectos favoráveis de solo, clima e disponibilidade de água] adequadas ao cultivo e um comércio bastante atrativo. Além disso, Bonito possui variação de altitudes o que possibilita produzir uvas em épocas de entressafra, permitindo a negociação de bons preços e mercado consumidor”, explicou a pesquisadora.

Outro ponto forte para se investir na produção e na agroindústria de uva em Bonito é a correlação com o turismo, segundo a pesquisadora da Agraer. “Por ser Bonito o principal município que integra o complexo turístico do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, há um grande potencial de disseminar o turismo rural na região”, observou.

Conhecimento – Voltada para produtores ligados a Agricultura Familiar, a capacitação reuniu um público de mais de 25 agricultores. O curso contou com a coordenação de Dilmar Coelho Taveira, funcionário da Seprodes, órgão vinculado à Prefeitura de Bonito.