Hemosul vai cadastrar doadores de medula óssea

O voluntário é identificado geneticamente após coleta de sangue.

25/07/2017 10h26 - Por: Assessoria de Comunicação

 

Juntamente com o programa de prevenção "Ônibus da Saúde" (da CASSEMS), que disponibilizará atendimento oncológico no próximo sábado (29) em Bonito com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, o Hemosul também realizará (no mesmo dia e horário), no Posto de Saúde Central, uma campanha para cadastramento de doadores voluntários de medula óssea.

A medula óssea é um tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos, conhecida popularmente por ‘tutano’. Nela são produzidos os componentes do sangue (glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas), que são utilizados para tratamento de várias doenças, como aplasias, leucemias e tumores, por meio de transplante de medula óssea.

Qualquer pessoa com idade entre 18 e 55 anos em bom estado de saúde pode ser doador. Após coleta de sangue o voluntário é identificado geneticamente por meio de exame de HLA e a seguir inscrito no REDOME – Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de medula óssea.

Quando surgir um doente compatível, o doador será consultado para decidir quanto à doação. Após a sua confirmação, outros exames serão necessários e o estado de saúde do doador será avaliado.

As inscrições para atendimento pelo Ônibus da Saúde poderão ser feitas durante a semana nos Postos de Saúde de cada bairro, de 07h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00.

No sábado (29 de julho) o ônibus permanecerá estacionado, a partir das 07h30, em frente à Unidade Básica de Saúde Padre José Ferrero, na Rua Nossa Senhora da Penha, esquina com a Rua Pilad Rebuá, no centro.