Secretaria convoca usuários do Aterro Controlado para reunião

Encontro debaterá alterações que ocorrerão a partir do mês de janeiro.

28/11/2017 09h53 - Por: Assessoria de Comunicação

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente está convocando os trabalhadores de serviços de podas de árvores, transporte de entulhos, caçambas de locação e demais usuários do Aterro Controlado de Bonito para uma reunião técnica a ser realizada nesta quinta-feira, dia 30 de novembro, às 08h00, na sala de reuniões da Prefeitura Municipal de Bonito, antigo plenário da Câmara de Vereadores.

A reunião terá como objetivo debater as alterações que ocorrerão a partir do mês de janeiro do próximo ano com o início do funcionamento do Aterro Sanitário de Jardim - para onde serão destinados os resíduos sólidos recolhidos em Bonito – dando cumprimento Lei federal 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O QUE É O ATERRO SANITÁRIO DE JARDIM?

Aterro sanitário, de maneira geral, é um local destinado à decomposição final de resíduos sólidos gerados pela atividade humana. Nele são dispostos resíduos domésticos, comerciais, da indústria de construção e também resíduos sólidos retirados do esgoto.

POR QUE FOI CONSTRUÍDO?

O Aterro Sanitário de Jardim foi construído porque desde 2010, com a Lei Federal 12.305, os lixões a céu aberto e aterros controlados foram proibidos. A lei determinou que todas as administrações públicas municipais, indistintamente do seu porte e localização, deveriam construir aterros sanitários e encerrarem as atividades dos lixões e aterros controlados, no prazo máximo de 4 (quatro) anos (até 2014, portanto) substituindo-os por aterros sanitários ou industriais.

POR QUE A CONSTRUÇÃO FOI FEITA POR UM CONSÓRCIO DE MUNICÍPIOS?

A implantação conjunta do Aterro Sanitário de Jardim, pelos municípios que compõem o Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa (Cidema), foi a solução encontrada para viabilizar os altos custos da construção, da operação, manutenção e administração do aterro, que irá atender os municípios de Jardim, Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Bonito, Bela Vista, Caracol e Porto Murtinho.

POR QUE FOI CONSTRUÍDO EM JARDIM?

Pelo fato do município ter uma localização mais central na região, o que facilita o acesso dos municípios que compõem o consórcio.