SEMA e instituições parceiras promovem mutirão de limpeza em Bonito-MS

Por: Marilizi Duarte de Oliveira

No dia (27) de novembro a Prefeitura de Bonito, através da Secretaria de Meio Ambiente - SEMA, promoveu mutirão de coleta de resíduos. O evento contou com o apoio da Secretaria de Assistência Social, através do CRAS com a participação dos alunos da Guarda Municipal Mirim; Guarda Municipal; Secretaria de Obras, com a presença do secretário Luemir Coelho; Vereador Edvaldo Rebeque e representantes da Associação Recicla Bonito.

A mobilização de diversas instâncias de governança possibilitou que a coleta de resíduos sólidos descartados de forma inadequada fosse ampliada. “Na proposta inicial seria realizado nesta primeira fase apenas o Córrego Bonito, porém a mobilização e apoio de outras secretarias possibilitou a expansão da ação”, comenta o secretário de meio ambiente e biólogo, Fabricio de Souza Maria.

A ação ocorreu nos seguintes pontos:

Córrego Bonito: Retirada dos resíduos sólidos da mata ciliar e instalação de cerca de limitação da Área de Proteção Permanente – APP no espaço destinado para o Festival de Inverno;

Pista de Caminhada: Coleta de resíduos sólidos num percurso de 2 km no sentido centro-balneário;

Morro do Aquário: Coleta de resíduos sólidos descartados de forma inadequada na vegetação do local;

Bairro BNH: Coleta de resíduos sólidos descartados em área verde de acesso comum a comunidade.

A maior preocupação é com os resíduos descartados na rua, que além de entupirem bueiros que servem exatamente para escoar a água da chuva, são carregados para os corpos d’água poluindo os rios tão admirados de Bonito. Segundo a bióloga e técnica da SEMA, Marilizi Duarte, o maior problema é a falta de colaboração dos moradores e turistas; “Bonito é um município de recebe coleta de resíduos domiciliares, tanto rejeito quanto seletivo; Em diversos pontos do município são encontradas lixeiras, incluindo no percurso que vai para o balneário e a quantidade de resíduo coletado assusta!”. A bióloga relata que num percurso de 2 km da pista de caminhada sentido balneário municipal, foram retirados aproximadamente 350 quilos de resíduos! Frisando que estavam no chão, e dentre os resíduos continham fralda descartável, garrafas de cerveja, caixas de cigarros, garrafas variadas de pet e muita, muita garrafa de vidro, “quando paramos na área destinada à exercícios da pista de caminhada a quantidade de garrafas de vidro surpreendeu aos técnicos da SEMA e as crianças da Guarda Mirim que estavam apoiando”.

Se cada um for responsável pelo seu “lixo” muito problemas ambientais podem ser reduzidos, basta apenas destinar o “lixo” produzido para uma lixeira, ou ser mais responsável, se não for possível reduzir o consumo, separe as embalagens para a reciclagem, temos uma Associação no nosso município que trabalha exatamente com a coleta e separação de resíduos passiveis de reciclagem.

 


Envie seu Comentário