A Prefeitura Municipal de Bonito vai arcar com um aporte no valor de R$ 150 mil a serem pagos a CASSEMS, para que a nova alíquota proposta de 23,80% não seja repassada aos servidores municipais.

Atualmente a alíquota para ao plano de saúde é de 19,5%. Destes, 13% é descontado do servidor e 6,5% é pago pela Prefeitura. Com o reajuste, o desconto em folha do servidor passaria para 17,3%.

Segundo o prefeito Odilson Arruda Soares, o Executivo Municipal levou em consideração as dificuldades financeiras causadas pela pandemia do Coronavírus e decidiu fazer esforços possíveis para arcar com o valor do aporte, evitando ainda mais despesas aos servidores.

“É um momento difícil para todos e não seria justo, em um situação como esta, aumentar o percentual do plano de saúde dos servidores, que são nosso maiores colaboradores e responsáveis por fazer a máquina pública funcionar. Por isso o pagamento do aporte foi entendido como uma prioridade para a Prefeitura”, afirma o prefeito.

Comentários do Facebook