A gestão do prefeito Odilson Arruda Soares conseguiu honrar com todos os precatórios atrasados, alguns que se arrastavam por mais de uma década. Nos últimos quatro anos, o Município pagou R$ 4.066.125,53 em dívidas deixadas pelas gestões passadas.

Os precatórios nada mais são do que requisições de pagamento expedidas pelo Judiciário para cobrar de municípios, Estados ou da União, assim como de autarquias e fundações, o pagamento de valores devidos após condenação judicial definitiva e podem ter natureza alimentar (decisões sobre salários, pensões, aposentadorias, indenizações por morte ou invalidez, benefícios previdenciários, créditos trabalhistas, entre outros) ou natureza comum (decisões sobre desapropriações, tributos, indenizações por dano moral, entre outros).

No caso do município de Bonito, o valor pago nos últimos quatro anos inclui desde indenizações, acertos, acordos trabalhistas, medicamentos e tratamentos de saúde, entre outros, deixados por gestões anteriores.

Salário no mês

Outra importante conquista para o município durante a gestão do prefeito Odilson foi o pagamento do salário dos servidores dentro do próprio mês. Desde que assumiu o Município, esse compromisso vem sendo cumprido. No último mês de sua gestão, inclusive, o pagamento foi realizado no dia 23, levando em consideração as festividades de Natal. O 13º também já foi pago completamente, sendo a primeira parcela em agosto, para dar suporte aos servidores durante a pandemia e a segunda na primeira quinzena de dezembro.

Somando os valores do 13º salário e dos pagamentos e rescisões contratuais de novembro – efetuado em 27 de novembro – e de dezembro, foram injetados na economia do Município mais de R$ 9 milhões.

Comentários do Facebook