A Secretaria do Patrimônio da União (SPU) autorizou nesta sexta-feira (19) de fevereiro  a cessão onerosa da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito. A assinatura da cessão onerosa aconteceu na manhã de hoje na Superintendência do Patrimônio da União em Mato Grosso do Sul (SPU/MS) na Capital. Na ocasião, esteve presente o Prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues; Secretária de Turismo, Indústria e Comércio, Juliane Ferreira Salvadori; Superintendente do Patrimônio da União, Luiz Ribeiro Rosa. 

Além do repasse de 20% do faturamento, o município terá que pagar à União o valor mínimo anual de R$ 33.995,88, divididos em parcelas mensais, pelo uso privativo e exploração econômica do local. 

O prefeito de Bonito, Josmail Rodrigues, destacou que a cessão onerosa é uma vitória para os bonitenses e para o turismo da região: “É uma conquista para nós bonitenses, isso é uma luta antiga do município para conseguir essa cessão. Agradeço ao Presidente da República, Jair Bolsonaro, a SPU – Secretaria do Patrimônio da União, Governo do Estado, Imasul e ao Coronel Ribeiro pelo empenho, de fato uma conquista para os bonitenses e sul-mato-grossenses. Desde que tomei posse no dia (1) de janeiro, e quando iniciamos os trabalhos no dia (4) de fevereiro, eu juntamente com a minha equipe de governo, corremos atrás e por meio do diálogo e um esforço contínuo de 2 meses, conseguimos assinar esse documento hoje. Isso é o resultado de muito trabalho e comprometimento e um ganho para a população. Agora o nosso próximo projeto é fazermos uma nova escadaria na Gruta”, finalizou. 

Segundo a secretária de turismo, indústria e comércio, Juliane Ferreira Salvadori, a assinatura da cessão onerosa é uma vitória para a população: “Foi um dia histórico e de mais um resultado entregue para nossa população e trade turístico. Sabemos que é uma etapa vencida com muito trabalho e dedicação de toda equipe. Agora entramos numa próxima etapa que é a preparação do atrativo para abertura nos próximos dias. Na terça-feira vamos estudar a data de abertura da Gruta para divulgarmos a todos”, finalizou. 

Nesta sexta-feira, o Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) autorizou o uso da trilha de acesso à Gruta do Lago Azul no perímetro da unidade de conservação estadual. A portaria foi publicada no DOE (Diário Oficial Eletrônico).

GRUTA DO LAGO AZUL 

Um dos cartões postais de Bonito, a Gruta do Lago Azul integra o circuito de turismo ecológico do município. Ela é constituída por um salão principal com piso inclinado e um lago subterrâneo ao fundo com mais de 50 metros de extensão. Sua entrada circular de aproximadamente 40 metros de diâmetro permite a entrada dos raios solares até o lago. Com a incidência de luz, entre os meses de setembro a fevereiro, as águas atingem uma coloração azul intensa, motivo do nome da gruta. No lago subterrâneo da Gruta do Lago Azul foram encontradas ossadas fósseis de mamíferos já extintos, que habitaram a região há mais de 12 mil anos, no período Pleistoceno, representada por animais de grande porte, como preguiças gigantes, tatus e o tigre dente-de-sabre. O monumento natural foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1978.

Por: Filipi Brites – Assessoria de Comunicação

Comentários do Facebook