Campanha vai incentivar a coleta consciente de resíduos

Secretaria quer estimular a separação dos resíduos em sacos de cores diferentes.

21/11/2017 15h41 - Por: Assessoria de Comunicação

 

Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Meio ambiente, está lançando uma campanha para incentivar a coleta domiciliar consciente dos resíduos (lixo) produzidos diariamente, tanto nas residências quanto no comércio.

O objetivo da secretaria é esclarecer sobre a importância da utilização de sacos plásticos nas cores adequadas para separação dos resíduos coletados, reduzindo a quantidade de rejeitos a serem encaminhados ao Aterro Sanitário de Jardim a partir do próximo ano.

O saco azul é utilizado para materiais recicláveis (papéis, papelão, garrafas pet, de vidro, latinhas, etc.), o saco preto para rejeitos (como papel higiênico, espumas, isopor, ossos e carnes estragadas) e o marrom para o lixo orgânico (constituído por restos de alimentos, vegetais, frutos, cascas de ovos, etc.).

SOBRE O ATERRO SANITÁRIO DE JARDIM

O município de Bonito integra o Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa (Cidema), que empregou recursos para a construção do Aterro Sanitário de Jardim, que atenderá, além de Bonito e Jardim, os municípios de Nioaque, Guia Lopes da Laguna, Caracol e Porto Murtinho.

O Aterro sanitário é um depósito no qual são descartados resíduos sólidos provenientes de residências, indústrias, hospitais e construções. Grande parte deste lixo é formada por materiais não recicláveis.

Estima-se que o Brasil possua cerca de 1.700 aterros sanitários, em que o solo é preparado para que o lixo não prejudique o meio ambiente, não cause mau cheiro, poluição visual ou a proliferação de animais.