Bonito conquista duas premiações no Concurso Agrinho 2018

Entrega aconteceu na tarde de terça-feira, dia 04 de dezembro, em Campo Grande.
Em sua primeira participação, Rede Municipal de Ensino de Bonito teve duas escolas premiadas. Foto: DivulgaçãoEm sua primeira participação, Rede Municipal de Ensino de Bonito teve duas escolas premiadas. Foto: Divulgação

06/12/2018 12h05 - Por: Assessoria de Comunicação

 

O presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Mauricio Saito, iniciou a cerimônia de premiação do Concurso Agrinho 2018, maior programa de responsabilidade social do Senar/MS – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural.

A celebração aconteceu na tarde dessa terça-feira, dia 04/12, em Campo Grande, no Clube Estoril com a participação de 400 pessoas, entre estudantes premiados, professores, lideranças rurais e políticas.

"A água é fundamental para a produção de alimentos, fibras e energias e o produtor rural, ao aderir tecnologias e sistemas que possibilitam a preservação desse recurso natural, tem colaborado de forma expressiva com a produção e preservação da água. Dentre os principais exemplos, estão como o plantio direto e os processos de integração – ILP (integração lavoura e pecuária) e ILPF (integração lavoura-pecuária-floresta) – que resultam em maior produtividade por área cultivada e conservação do solo. Mato Grosso do Sul é referência na adoção dessas tecnologias e é com muita alegria que vamos trabalhar esse tema com mais de 200 mil alunos das escolas públicas do estado", afirmou Saito.

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação

Com o tema "Produzindo Água no Campo: O Agro Preservando o Maior Bem da Terra’. Em 2018, o programa expandiu as ações e envolveu mais de 10 mil professores em 66 municípios, uma média 168 mil alunos. Destes, Bonito, Campo Grande, Corguinho, Dourados, Douradina, Glória de Dourados, Laguna Carapã, e Mundo Novo receberam pela primeira vez as ações do programa.

Em nossa primeira participação, fomos premiados em duas categorias. Desenho 2° ano ( com 292 inscritos), nos classificamos em 4° Lugar com a aluna Julia Santos de Lima, orientada pela professora Gisele Neves da E. M. João Alves da Nóbrega. Na Categoria Relator: Escola Agrinho ( com 78 professores inscritos), conquistamos o 3° Lugar com o professor Ygor Ronyel Paredes Gomes da E. M. Profa. Durvalina Dorneles Teixeira.

Durante todo o calendário letivo, o programa permitiu a formação continuada para professores e coordenadores do ensino fundamental, por meio de um material exclusivo que contempla toda a regionalidade com objetivo de agregar valores e potencialidades presentes no estado, destacando o território cultural, ambiental, econômico e geográfico, fundamentais para o fortalecimento do sentimento de pertencimento às raízes sul-mato-grossenses.

Texto: Roseli Gambim