EJA é reestruturado e passa a ser dividido em módulos

Ensino Fundamental é oferecido pelo município e Ensino Médio pelas escolas estaduais.

24/01/2018 07h33 - Por: Assessoria de Comunicação

 

Com as matriculas abertas desde o dia 2 de janeiro e com o início das aulas previsto para o dia 22 de fevereiro, o Curso da EJA – Educação de Jovens e Adultos do Ensino Fundamental em Bonito teve uma reestruturação e passará dividido em módulos semestrais, em lugar de fases.

Das 4 fases anuais e um exame final (oferecidos anteriormente) o curso passa a ter 2 módulos semestrais, com um exame no final de cada módulo. Terá assim 2 exames finais anualmente.

Confira detalhadamente as mudanças:

O que era fase 1 e 2 passou a ser Módulo Inicial I, II,III e IV e o que era fase 3 e 4 passou a ser Módulo Final I, II, III e IV .

O Módulo Inicial I e II compreende os conhecimentos equivalentes à 1ª fase da etapa do ensino fundamental (1º ao 3º ano), enquanto o Módulo Inicial III e IV compreende os conhecimentos equivalentes à 2ª fase da etapa do ensino fundamental (4º e 5º ano).

Já o Módulo Final I e II compreende os conhecimentos equivalentes a 3ª fase da etapa do ensino fundamental. (6º e 7º ano), enquanto o Módulo Final III e IV compreende os conhecimentos equivalentes à 4ª fase da etapa do ensino fundamental (8º e 9º ano).

EJA - UMA JANELA PARA O FUTURO

A EJA é um programa do governo federal que tem como objetivo oferecer o Ensino Fundamental e Médio para pessoas que já passaram da idade escolar e que não tiveram oportunidade de estudar.

Para se inscrever e cursar o ENSINO FUNDAMENTAL, que é o curso oferecido pelo município e vai do 1º ao 9º ano, é necessário ter idade mínima de 15 anos (desde que não tenha domínio da leitura e da escrita).

Os interessados devem comparecer das 7h00 às 11h00 na Escola Municipal Professora Izaura Pinto Guimarães, na Vila Marambaia (onde o curso é realizado), com seus documentos e comprovante que ateste o grau de escolaridade. AS VAGAS SÃO LIMITADAS!

Para cursar o ensino médio, os interessados devem procurar escolas estaduais.