Arquivos completos estão anexados ao final do texto

24/06/2020 11h44 – Por: Assessoria de Comunicação

A retomada do turismo em Bonito, que deve acontecer oficialmente a partir de 1º de julho, está sendo amparada por uma série de medidas de segurança, especificadas em protocolos para cada segmento, que abrangem desde os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) que devem ser utilizados em cada ocasião, forma correta de higienização dos locais, tanto de uso coletivo, como dos quartos de hotéis e pousadas, até medição de temperatura para embarque em veículos de transporte de passageiros.

Os protocolos de Biossegurança foram entregues pela ABH (Associação Bonitense de Hotelaria), ATRATUR (Associação dos Atrativos Turísticos de Bonito e Região), ABAETUR (Associação Bonitense de Agências de Ecoturismo), ABRASEL Serra da Bodoquena (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) e a ABETTUL (Associação Bonitense das Empresas de Transporte Turísticos e Locadoras), ACEB (Associação Comercial e Empresarial de Bonito) e AGTB (Associação dos Guias de Turismo de Bonito).

O prefeito Odilson Soares parabenizou a iniciativa de todos os setores, destacando que a pandemia do coronavírus nos forçou a conviver com uma nova realidade.

O secretário de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito , Augusto Mariano destacou que o município é novamente pioneiro na implantação de tantos protocolos específicos. “Nós temos 7 protocolos apresentados. É algo que nenhum município no país tem e reforça que realmente estamos preocupados com a segurança dos visitantes e principalmente da nossa comunidade. Então, embora alguns entendam que estamos afrouxando os cuidados e expondo o município, a situação é contrária. Nós estamos tentando dar fôlego aos nossos empresários e evitar um colapso econômico”, afirma o secretário.

O Sebrae e o SESI são parceiros das associações na elaboração dos protocolos, tendo elaborado boa parte deles. Além disso, também estão implantando o programa “Bonito Seguro”, que fornece consultorias gratuitas de biossegurança, desenvolvidas em parceria com o Sesi/MS e Senac/MS para os empresários do município.


Comentários do Facebook